terça-feira, 7 de outubro de 2008

Barulho de Amor!


A poucos dias, eu apaguei as velinhas fiz 33 aninhos....nossa!
Acordei neste dia, depois de uma madrugada turbulenta (tive convulsões, falta de ar, vomito, enfim...), foi uma noite bem agitada e com novidades, nunca tinha vivido nada parecido, mas enfim, o dia raiou, os pássaros começaram a cantar, o sol a brilhar...
Mas a aniversariante não estava bem, não estava feliz, não estava nem se quer com ânimo pra levantar da cama. Olhei ao meu redor e vi que estava só, todos estavam em seus afazeres, mas justo hoje? Justo no meu dia? Queria almoçar com eles, queria ouvir o barulho deles (são barulhentos pra dedéu), queria sentir a animação costumeira da casa, queria eles juntos de mim, não queria me sentir só justo no meu dia. Mesmo sabendo que era inevitável, não se pára as atividades por causa de aniversários. Por isso eu entendi, sei que se pudessem estariam comigo, são pessoas responsáveis afinal de contas. Percebi que no dia do meu aniversário ou eu estou muito animada ou estou muito triste, mas já fazia muitos anos que eu não me sentia assim, foi um misto de tristeza – solidão – desânimo...nossa, foi chororô o dia todo, quem me ligou pra parabenizar me ouviu chorando, foi um mico total...mesmo a noite perceberam meus olhos inchados, mas enfim, quando a noite chegou eu já estava melhor, triste ainda, mas bem melhor.
Amigos maravilhosos que eu tenho me ajudaram a mudar o astral, não poderia deixar de falar aqui da homenagem que Luísa me fez, nossa, a coisa mais linda do mundo (chorei mais ainda, só que de alegria), não poderia deixar de falar do abraço maravilhoso que recebí de Simone, minha sobrinha linda, não poderia deixar de falar aqui do carinho que Guguinha me deu quando me viu chorando, não poderia deixar de falar aqui das muitas ligações que recebí, mas em especial a da minha mãe de consideração Nadja (uma luz na minha vida, com toda certeza) sem falar do abraço que ela e Vitor me deram quando cheguei na aula...e quando deu a hora, "eles" chegaram e o barulho habitual voltou a reinar na casa, pensem num barulho bom? Barulho de gente, de vida, BARULHO DE AMOR!

Um comentário:

VaMpIrAsSaSsInA disse...

Ai que chique! XD Adorei! 'Barulho de Amor'! ^^ =*** Te amo! ^^